PUBLICIDADE

Hapvida

Casal é preso e Polícia Civil encontra venda de açaí usada para tráfico de drogas na Grande Natal

Caso aconteceu nesta terça-feira (15) em Macaíba, dentro da 7ª fase de operação que combate organização criminosa no município.

Redação

por Redação segurança - 16 de Setembro de 2020

Casal é preso e Polícia Civil encontra venda de açaí usada para tráfico de drogas na Grande Natal

Foto: Reprodução

Um homem de 26 anos e uma mulher de 25, suspeitos de tráfico de drogas, foram presos nesta terça-feira (15) em Macaíba, na Grande Natal, dentro da 7ª fase da Operação Parabellum, que visa desarticular uma organização criminosa. Em uma dos imóveis alvos das buscas dos policiais, os investigadores descobriram que uma venda de açaí era usada como disfarce para a comercialização de drogas.

O casal foi preso no bairro Morada da Fé, no município de Macaíba, suspeitos de posse ilegal de armas de fogo e munições, receptação e por integrar uma organização criminosa. As diligências foram iniciadas após investigações sobre uma residência que pertencente à organização criminosa, que estava sendo utilizada como ponto de venda de drogas e abrigava suspeitos de praticarem crimes em nome dessa facção investigada.

Segundo a delegacia, após a circulação de um vídeo, em redes sociais, no qual os suspeitos promoviam ameaças contra integrantes de uma facção rival, anunciando que haveria confronto armado na cidade para disputa de território, os policiais passaram a acompanhar a movimentação de suspeitos previamente identificados.

Em uma das diligências, foi possível fechar o ponto de venda de drogas que tinha como fachada "para camuflar" o tráfico de drogas, uma venda de açaí. "Na ocasião, os suspeitos conseguiram fugir com grande parte das drogas e armas", informou a polícia.

Na segunda diligência, a equipe flagrou o casal suspeito de integrar a mesma organização criminosa dos vídeos, cujo imóvel era monitorado por câmeras para sinalizar a chegada da polícia. Apesar disso, o homem e a mulher não perceberam a aproximação dos policiais a pé.

Ao serem abordados, segundo a polícia, eles tentaram se desfazer de armas de fogo calibre .38, além de diversas munições. Além das armas, foram apreendidos aparelhos celulares, relógios, dinheiro fracionado e porções de drogas. O casal foi conduzido à delegacia e encaminhado para o sistema prisional.

Segundo a polícia, o nome da operação "Parabellum" remete ao provérbio latino “se vis pacem, parabellum”, que significa “se quer paz, prepare-se para a guerra”.


G1RN
Redação
Redação Empresa jornalística com atuação no Rio Grande do Norte. Fundada em 2019, o Correio do RN tem como missão levar o melhor conteúdo para os potiguares com uma equipe de profissionais capacitados.

PUBLICIDADE